REFORMA DO ENSINO MÉDIO

SP discutirá com a rede a reforma do Ensino Médio

No último dia 22, o Governo Federal anunciou mudanças para o Ensino Médio em todo país. Esta etapa da Educação Básica, que na rede estadual paulista atende 1,5 milhão de alunos, é um dos grandes desafios da educação brasileira. Pesa contra o modelo atual a pouca flexibilidade do currículo e a fraca conexão entre o que o estudante aprende e seu projeto de vida.

As propostas apresentadas são bem-vindas e já têm total atenção da Secretaria da Educação do Estado. No entanto, por se tratar de uma rede complexa e que abrange 645 municípios, o próximo ano será de análise. Nada será mudado antes de um amplo debate com dirigentes, diretores, professores e os próprios estudantes. Sendo assim, em 2017:

. o currículo do Ensino Médio não será alterado.

. a carga horária diária das escolas regulares segue a mesma; inclusive no Programa de Tempo Integral.

. o processo de atribuição de aulas/classes para os professores continua igual ao adotado pela rede no ano passado. O cadastro online deve ser feito obrigatoriamente pelos docentes efetivos e temporários que querem atuar em 2017.

. a matrícula antecipada de novos alunos que queiram cursar o Ensino Médio na rede estadual em 2017 já está aberta. O prazo vai até 31 de outubro e não há alterações (cadastro presencial em qualquer escola da rede).

. alunos da 3ª série do Ensino Médio participarão normalmente das provas do Saresp (Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo). O exame neste ano está marcado para os dias 29 e 30 de novembro.

Ana Paula Dorini Santos
Dirigente Regional de Ensino – Região de Apiaí